You are currently viewing Laminação a quente e a frio: qual a diferença?

Laminação a quente e a frio: qual a diferença?

Laminação a quente e a frio: Pela sua versatilidade, as chapas de aço podem ser produzidas nos mais diversos processos. E como resultado alguns acabamentos são formados como a laminação a quente e a frio. Você sabe qual a diferença entre elas? Já que ambas servem para vários tipos de aplicações o que pode gerar dúvidas sobre esses tipos de chapas.

Para que você consiga começar a entender vamos te explicar como são feitas as chapas de aço. Primeiro, a produção começa na mineração, após o minério ser extraído ele é levado ao alto forno da siderúrgica para ser transformado de ferro gusa. Nessa etapa, são retirados impurezas como a terra, deixando apenas o ferro. Então, a matéria prima fica pronta para ser usada na criação dos mais diversos tipos de aço.

Continue lendo esse artigo e confira as diferenças entre o aço laminado a frio e a quente.

Aço laminado a frio

O aço laminado a frio acontece quando a laminação do aço é feita na temperatura ambiente ou próxima a ela. Esse tipo de laminação envolvem bobinas laminadas planas e produtos laminados. Nesse tipo, há mais processamento do aço do que na laminação a quente, isto porque é necessária mais pressão para tomar forma.

Além de melhorar as propriedades mecânicas do produto acabado por meio do endurecimento a laminação a frio tem o efeito adicional de reforçar o material. Isso garante que o produto tenha uma dimensão mais precisa, quando comparado ao processo de laminação a quente.

Outra característica é que o aço laminado a frio é bem menos maleável que o laminado a quente, o que causa uma limitação do seu formato. Seu uso é frequente quando é necessária uma superfície com acabamento melhor.

Leia também:

Laminação a quente e a frio principais diferenças

Diferença entre laminação a quente e a frio

Aplicações do aço laminado a frio

As chapas laminadas a frio são bem mais resistentes e possuem um acabamento melhor. Por isso, geralmente são usadas geralmente em:

  • Esquaduadrarias;
  • Construção civil;
  • Indústria automobilística;
  • Eletrodoméstico de linha branca.

Aço laminado a quente

Como o próprio nome já indica, o aço laminado a quente é um processo que envolve a laminação com altas temperaturas, acima da recristalização para a maioria dos aços. Isso faz com que o material seja mais fácil para trabalhar e se formar. Mas, o aço laminado a quente tem menos resistência quando comparado a laminação a frio.

Esse tipo de laminação também confere ao material o acabamento tolerância mais frouxas do que os aços laminados a frio, o que também o torna acabado livre de tensões internas que podem surgir durante os processos de endurecimento ou têmpera.

Por ser mais maleável, o aço laminado a quente pode ser fundido em vários formatos diferentes, por isso é uma boa escolha para componentes estruturais e chapas metálicas.

Aplicações

Devido suas características mecânicas e composição química esses produtos são indicados para uso geral em praticamente todos os setores, como por exemplo estampagem, tubos e estruturas de alta resistência mecânica e a corrosão.

Laminação a frio e laminação a quente

Onde encontrar chapas de aço com qualidade?

Para garantir todas as vantagens citadas nesse artigo você precisa escolher a melhor fabricante de chapas de aço, a Mostaza. Entre em contato conosco e solicite o seu orçamento os mais de 30 anos de experiência vão te garantir os melhores materiais e profissionais para fazer com que a entrega do seu projeto ainda mais perfeita.

 

 


Gostou desse conteúdo? Então leia também:

Deixe um comentário